domingo, 21 de março de 2010

Essas pessoas...

Um rascunho anônimo.

"Falam o tempo todo, mas não tem nada à dizer"


Eu esperei um motivo para ser ou talvez não ser. Estaria contando as horas para explodir, para matar a certeza que não existia dentro de mim, e a pergunta que não se cala mais mata: "está esperando o quê?"
O que eu estava esperando...
Eu sou louca, extremamente louca, mas todos somos loucos, não é assim que eles dizem?
Ouvi dizer : " Os artistas não são normais "
Me identifiquei, mas eu não era uma artista. E quem disse que pra ser louco você precisa ser artista? Eu sou um caso assim.
Meu jeito assustava as pessoas, mas e daí? Ninguém paga as minhas contas.
Eu era triste, muito triste, mas só quando eu queria ser. Tristeza é momento de se calar. Eu juro que eu tentava, mas como calar o que precisa falar? Expressar...
Eu era infinitamente feliz, frases como " sorrir é sentir - felicidade constante - o meu sorriso é algo que nunca vai se apagar " eram tão minhas, que qualquer um que as roubasse, não teria o verdadeiro sentido de tais. Eu era feliz desde quando eu abria meus olhos e pisava meus pés no chão até a hora de fechar os olhos e tirar os pés do chão... Eu era feliz o tempo todo.
Eu era, sou, e não serei mais!
Mas tudo isso em mim, não era suficiente. O meu maior precípicio: meus desejos loucos, sim, extremamente loucos, aos olhos deles, os juízes que me julgavam o tempo todo!
Eu precisava fumar, beber e me drogar. Eu queria saber a sensação de escrever sob efeito, ou até mesmo dançar, talvez quem sabe, fugir de mim. Eu queria ver o mundo 3 vezes mais, pois uma só não me satisfazia mais. As mesmas formas, figuras, desenhos, luzes e tudo o que vemos, muitas vezes mais, como uma boa montagem de photoshop, ilusória e completa.
Se eu me permitir ir mais além, eu nunca vou parar, então me permito voltar para a realidade.
Insanidade é uma palavra que eu me identifico, mas ela causa feridas em mim, nos longos caminhos do meu destino, porque se sigo o significado de tal, eu desvio o meu caminho então.
Nunca acreditei na ilusão das falsas palavras, quem diria que não gostou de mim? Exceto as pessoas que sofrem por não conseguirem controlar a sinceridade.
 Eu me faço amar e odiar ao mesmo tempo.  Para uma menina, sou um completo muleque, malandro, sem pudor, sem vergonha de ser quem se é, eu sou um cara foda.
Será que chegou a hora de mudar? O tempo de dizer " não " ? O dia de não ser quem se é?
Essas pessoas me cansam tanto, me atormentam tanto, falam tanto, que acabam me deixando mais louca do que já sou e ainda querem reclamar de como sou, mas permita-me dizer o que você precisa ouvir, você é tão louco quanto eu.
"Sei o quanto é difícil conseguir ficar em paz, quando tem alguém gritando!"
Não queira salvar o que já se perdeu!
A intensidade da loucura que havia dentro dela era capaz de fazer um estrago sem fim, e por fim calar as bocas malditas que a fizeram assim.

O que eu estou esperando para fumar vários cigarros, beber um bom whisky e fumar um baseado? O que eu estou esperando para morrer jovem e insana? Eu não sei...
Coragem bata logo à minha porta, eu preciso me sentir capaz!

"Eu escuto música e sou louco, eles constroem bombas e são normais"
ELES SÃO NORMAIS! COMO NÃO SERIAM, SENHORES?

21 comentários:

  1. blog legal
    estou pensando no o que vc escrevel......
    muito bom ...passa no meu....
    voltarei.....concerteza
    http://americanizandomylife.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. éé .. gostei muito ! "Meu jeito assustava as pessoas, mas e daí? Ninguém paga as minhas contas." essa frase ficou na minha cabeça !
    parabééns pelo blog ;D

    http://ludlordelo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. é errado pensar que não são como qualquer outra pessoa só porque são artistas.
    Parabéns, vc escreve bem!
    www.vanessafunnygirl.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Nossa, adorei o texto, faz pensar, analisar, se perguntar. O q penso ser um grande mal pra essa "humanidade" é a inversão de valores que assombra cada vez mais e ngm percebe ... e nós? somos loucos então, deixar ser .

    ResponderExcluir
  5. A verdade é que de louco todo mundo tem um pouco.
    "Meu jeito assustava as pessoas, mas e daí? Ninguém paga as minhas contas."... adorei

    http://desabafointerior.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. apesar do desabafo ainda somos mto controlados por essa sociedade da qual fazemos parte. acredito que o seu texto vale mto para uma reflexão qto realmente devemos fazer da nossa vida o que bem entendemos sem dar a satisfação aos que nos vigiam o tempo todo. mto bom!

    ResponderExcluir
  7. Blog legal ;D

    comenta no meu http://silly--things.blogspot.com/ =D

    ResponderExcluir
  8. Gostei do teu texto.
    A forma de escrita, a exposição de sentimentos.
    Tudo muito bom!
    Continue assim!
    Abraço, querida.

    http://relatoosdavida.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Esse texto é um grito, um desabafo, ao mesmo tempo um relato de alguém que só quer ser ela mesma, ou ele mesmo e viver sem por que nem pra que...
    Intenso e tocante.

    Quanto ao seu comentário no meu blog, você conseguiu me tocar.
    Estou a disposição.
    hederrock@hotmail.com - Msn
    hederrock@gmail.com - Orkut
    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Ai que post perfeito!!
    Confesso que senti vontade de chorar ao le-lo, não sei se é por que estou muito sensivel...rsrs
    bjos

    ResponderExcluir
  11. Obrigadaaa queridos pelos elogios, e por compartilharem as suas idéias comigo, a intenção desse texto é realmente essa coisa de " se aceitar ou mudar " mas também quis destacar que de louco todo mundo tem um pouco sim, ninguém tem direito de julgar o outro, porque somos todos iguais!Mas foi um desabafo mesmo... Amei os comentários, vcs são lindos!! Beijos

    ResponderExcluir
  12. Lindo o teu blog,amei demais
    te seguindo tb
    bjos

    ResponderExcluir
  13. amei '
    filosofou , ein ?
    foi vc mesma quem fez ?
    *------*

    ResponderExcluir
  14. Loucos? todos somos... até pq cada um tem a própria interpretação da realidade.

    Artista? Você não é? Eu acho que é.... você tem um dom e escreve de um jeito único....

    Felicidade? É sempre passageira... o resto oscila entre a melancolia e o tédio... não que isso seja algo ruim... até porque maioria dos artistas tiram suas inspirações de momentos de tristeza...

    Quer se drogar? beber? fumar? talvez você faça isso... se é que já não fez... e talvez escreva sob efeito... mas perceberá q não é nada revolucionário... apenas algumas mudanças na percepção das coisas.. às vezes isso pode até ser positivo porque pode fazer as idéias fluirem com mais facilidade... às vezes você pode acordar de ressaca...heheh...

    Loucos? repito...todos somos... alguns mais outros menos... afinal... loucura é a incapacidade de concordar com idéias ditas "normais" perante a sociedade... e é aí que a brincadeira começa... somos os desajustados... os pinos redondos nos buracos quadrados onde podemos confundir para esclarecer...

    A realidade é que ninguém é igual...
    Ninguém é normal...


    Beejo

    ResponderExcluir
  15. Felipe: É cara, você disse tudo! Como sempre né. hahaha... Realmente, ninguém é normal... Curti demais teu comentário, curto demais tua forma de expor as idéias! Beijão =)

    ResponderExcluir
  16. a pessoal tem que ter personalidade e estilo..legal hein

    ResponderExcluir

Faço os meus textos esperando reconhecimento, assim como todos que também tem um blog. Sem ser grosseira, se não for ler NÃO COMENTE! Estamos aqui para expor nossas idéias e eu tenho as mesmas intenções que você. Favor respeitar a regra (: Obrigada!