segunda-feira, 29 de março de 2010

3 pedras e um caminho.


"Lágrimas não fazem efeito algum quando tudo depende da força"

O começo da estrada.

15 anos, nada de responsabilidades, tudo de malandragem. Seria uma menina se escondendo em um
escudo de garoto, ou uma mulher se escondendo em uma menina?

A rua me chamou, a vida me chamou, aquele skate me chamou. Gritos, gritos ensurdecedores, e eu era a única capaz de calar. Vesti minha armadura e parti pra batalha!
A sensação era de liberdade, a brisa daquela noite me envolvia e me fazia acreditar mais em mim.
Não sei por qual razão, por um momento eu pensei sobre como seria cair e tentar levantar. Tentar é um
bom começo, sempre! Mas falar é fácil né?
Deixei a rua me levar, a vida me guiar, e aquele skate me derrubar.
Particularmente, desafio à mim mesma muitas vezes, para provar o que eu nunca entendi, para quem nunca seria capaz de ver.
Por muitas vezes na vida a gente passa grandes desafios, se lhe cair melhor no entendimento: pedras no caminho. Algumas a gente chuta, outras a gente tropeça.
Mas existem 3 pedras que são capazes de nos fazer desistir:
 O desafio, o medo e as lágrimas.
Permita-me dizer que, não é o tombo que dói e sim a sensação de fracasso.
Você que está lendo deve estar se perguntando o porquê da rua, da vida e do skate né?Pois bem, eu
explico.
O desafio era uma rampa, que vista de um certo ângulo não parecia ser perigosa, mas era. Confesso
que por algum tempo o medo me faz companhia, mas eu o mandei embora, eu precisava provar para
mim mesma que eu era capaz. A coragem bateu à minha porta, e eu fui, com aquela sensação de
liberdade e capacidade, mas o medo voltou, fazendo com que eu caísse. (E nesse momento eu pensei
em desistir de ser quem eu era, e lutar por tudo que eu amo, no momento em que eu caí eu desejei
nunca mais levantar.) Bati a cabeça com força no chão, a dor era tamanha que me fez chorar e perder
o sentido. Cada lágrima que rolava no meu rosto era como se a capacidade estivesse indo embora, me
dizendo Adeus, porque talvez eu não era boa o suficiente. E o meu maior medo era de nunca ser...
Cair, perder, fracassar... Tanto faz, é algo que nos revolta e nos desequilibra, é perigoso!
Por cerca de uns 40 minutos eu fiquei em silêncio, tentando não deixar as lágrimas vencerem a minha força, o fracasso não doer mais do que os machucados que o tombo me causara, mas parecia incontrolável.
As lagrimas rolavam sem que eu quisesse, os pensamentos negativos dominavam a minha mente, e a minha força parecia cada vez menor.
Permaneci dessa forma por um tempo, gritando por dentro até aliviar.
E eu tirei uma grande aprendizado dessa experiência: A única coisa capaz de te levantar é a sua própria força!
Essa não foi a primeira vez que eu caí de skate, mas foi a única que me mostrou algo positivo diante de tal situação, tão negativa por sinal.
É preciso ter força, levantar a cabeça, seguir em frente e ir sempre mais além! Não desista nunca, tente sempre.
Os machucados continuam em mim, a sensação de fracasso também, mas a capacidade e a força são muito maiores. Eu não provei que sou capaz, mas provei da minha coragem.
Nos longos caminhos da vida em muitas pedras ei de tropeçar, mas levantarei quantas vezes for preciso para que eu possa dizer à mim mesma: EU SOU CAPAZ!

"Comece a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança."

28/03/2010

quinta-feira, 25 de março de 2010

Quem é você lua?

Que fique bem claro, isso é meu, feito por mim e para mim.


Há dias em que a lua é a única coisa que é capaz de iluminar o céu , cidades inteiras, e a vida dos seres humanos, e há dias em que a lua se torna escuridão, pois o seu brilho se esconde...
A lua tem suas mil e uma fases ou seria mil e uma faces?Eis a questão. Afinal isso é sobre mim.
As vezes sou como noite sem luar, como quem precisa falar...
Estranha, confusa, insana , boba , risonha , engraçada, constantemente feliz , obscura, indecisa, nostalgica, sofrida, guerreira, anjo , eterna menina, inocente, diferente, fortaleza interior, normalmente anormal , dona de uma loucura saudavel, maluca, carinhosa, família , baladeira, amor intenso, viva - vive intensamente essa mulher.
Fases: O que fui, o que sou, o que ainda vou ser.
Sou chocolate, sou sorvete, sou amigos, sou sorrisos, sou respostas,sou doce, sou amarga, sou contra o racismo, sou contra preconceitos, sou meio ambiente, sou conversar, sou bagunça, sou música, sou poesia, sou mudança, sou me distanciar, sou me distrair, sou laços, sou olhares, sou olhar doce sem essência de veneno,sou silêncio, sou infinito, sou suave como a brisa, sou paz e amor, sou Gabriela e sou Lua.
Encontre os meus sinais e saberá exatamente o que sentir.
Eu sou a lua completa, cada pedaço, cada buraco, cada luz, cada distância, cada beleza, cada mistério, cada silêncio, sou cada fase, cada sentimento.
Meus pedaços são partes do meu coração, a casa, os amigos, a família, os amores que eu despertei e que despertaram em mim.
Meus buracos ou meus vazios? Tanto faz! Isso é o que eu julgo ser apenas feridas, cicatrizadas ou não, o importante é que elas existiram, e me ensinaram a viver a vida como é, com o seu lado negativo, me tornando cada vez mais forte. Os buracos são só o abismo que existe dentro dela.
A luz que ilumina a minha alma: eu desejo a mim todos os dias sorte, positividade, fé, amor, paz, equilíbrio e muita luz! Há anjos que iluminam a minha vida, meu pai de amor é minha fonte de luz, o amor e a bondade que habitam em mim iluminam todo o meu ser.
A distância é só um tempo entre o meu eu e a minha paciência; viver em um mundo constantemente louco me faz ser distante e viver no mundo da lua, isso é o que me faz permanecer sempre em equilíbrio com os meus sentimentos e sentidos e manter a paciência em qualquer situação. É extremamente importante controlar o frio na barriga. Tudo é questão de tempo, e tempo requer paciência.
A beleza da lua é quando ela não brilha mas alguém a vê como ela é! Saiba que você sempre encantará alguém com a sua beleza, ou enojará alguém com a sua falta de sorriso. Sou o tipo de lua que não gosta de ser admirada apenas quando brilha, preciso que saibam quem eu sou mesmo se a escuridão me dominar, saibam do meu valor e da minha essência. Sou o que você vê e não vê por fora e talvez por dentro. Eu sou bonita para você?
O mistério que habita em mim é um segredo guardado a sete chaves, mas eu não faço idéia de onde estejam tais - Qualquer pessoa que me veja no Céu ou na Terra desconhece meus limites, minha força, meus pensamentos, minhas leis, meus conceitos, minha forma de agir, meus olhares e o que eles querem dizer, ninguém parece falar a minha língua, as vezes sou um mistério até para mim mesma. Então por quê levar à sério um mistério? Eu sou a lua que se esconde entre as nuvens, e quem não está próximo não vê. Quem for capaz de achar as chaves que venha até à mim então.
Eu sou a boca maldita que não para, mas quando se cala é para sempre. É preciso de muito para não ouvir a minha voz, sou alguém que fala de todas as formas possíveis, olhares, expressões, voz, palavras, gestos e até o inimaginavél, há quem possa escutar o meu silêncio mas isso é só quando eu permito. Tristeza é momento de se calar. Pois saiba que quando o pra sempre da minha voz chegar e calar, não espere mais nada de mim.
Sou cada fase do tempo que me permito ter - felicidade, tristeza, silêncio, duvida, raiva, lágrimas, sorriso, luz, treva, inconstante, verdade, mentira, julgamento, frieza, hot, tesão, liberdade, prazer, vida, amor, desamor, ouvir, falar, esperança, acreditar, ontem, hoje e amanhã, sempre ou nunca mais.
Sobre como eu me sinto por dentro. Sou cada sentimento intenso que possuo dentro de mim. - Eu me encontro dentro do meu coração. Sem mais!

Eu sou sem fim!

terça-feira, 23 de março de 2010

Um novo despertar...


São raras as pessoas que sabem o valor da palavra "dormir", pois bem, dormir é mais que fechar os olhos, é a chance que temos para um recomeço no despertar, dormir não é tão simples quanto a maioria das pessoas imaginam. Há situações em que a pessoa não se encontra pois está no caminho errado, e também há situações extremas em que pessoas desejam o "sono profundo" sem um despertar na manhã seguinte, e muitas outras situações em que é preciso por a cabeça no travesseiro e imaginar uma vida diferente, uma rotina que te satisfaça, um novo despertar.
Quando você dorme é como se a morte te envolvesse por um certo tempo, mas a unica diferença é que no dia seguinte você pode "nascer" denovo e viver uma vida nova, ou não, tudo depende da sua escolha.
Esteja aonde estiver, seja como for, permita-se por um tempo olhar para o azul do céu e perguntar quem o nomiou, quem quis que a vida fosse assim, descubra o algo a mais que o céu pode vir a ter para você e o tudo a mais que todas as coisas mais simples e complexas da vida tem.
Assim como somos feitos de tempo, também somos feito de pressa humana, o relógio é assustador para muitas pessoas, mas, mais assustador que o relógio são as próprias pessoas, que estão sempre em alta velocidade, sempre correndo na direção errada, aquela que não tem sentido e valor algum, raras são as pessoas que também tem pressa mas sabem qual é o caminho certo a ser seguido -- Isso me provoca uma sensação de atraso, é como se o mundo girasse em alta velocidade, e eu estivesse ali parada, apenas observando... Sem rumo, sem relógio, sem pressa. --Vivemos no caos e aprendemos a nos acostumar com isso, fazemos parte de um mundo onde as perguntas necessárias são caladas pela pressa da humanidade, que em desespero não percebem que o tempo pode ser controlado pela velocidade dos caminhos que percorremos.

Desde quando alguém para pra saber quem você realmente é, ou qual é o nome da tua alma? E você se pergunta "porquê" ? É simples: o mundo tem pressa, meu bem.

segunda-feira, 22 de março de 2010

Liberdade.

Falo com os olhos
Porque as palavras são complicadas

Demais pra mim
E se apenas tentar
Não me ferir
Seria simples
Viver assim

Me permito ser
Todas as faces que eu quiser
Mas nunca me render
Ao que contradiz
A única verdade que sou
Aquela que me
faz feliz
Como bem quiser...

Se eu apenas tirar
os meus pés do chão
E esquecer do caos
Posso voar
Fazer parte da imensidão
De cada ser
Me deixe entrar...
Preciso viver
E me encontrar

Liberdade é o que desejo
E a paz que não tem preço
Eles não podem me matar
Se eu não vejo o caos
É que então
Encontrei o meu lugar.


domingo, 21 de março de 2010

Essas pessoas...

Um rascunho anônimo.

"Falam o tempo todo, mas não tem nada à dizer"


Eu esperei um motivo para ser ou talvez não ser. Estaria contando as horas para explodir, para matar a certeza que não existia dentro de mim, e a pergunta que não se cala mais mata: "está esperando o quê?"
O que eu estava esperando...
Eu sou louca, extremamente louca, mas todos somos loucos, não é assim que eles dizem?
Ouvi dizer : " Os artistas não são normais "
Me identifiquei, mas eu não era uma artista. E quem disse que pra ser louco você precisa ser artista? Eu sou um caso assim.
Meu jeito assustava as pessoas, mas e daí? Ninguém paga as minhas contas.
Eu era triste, muito triste, mas só quando eu queria ser. Tristeza é momento de se calar. Eu juro que eu tentava, mas como calar o que precisa falar? Expressar...
Eu era infinitamente feliz, frases como " sorrir é sentir - felicidade constante - o meu sorriso é algo que nunca vai se apagar " eram tão minhas, que qualquer um que as roubasse, não teria o verdadeiro sentido de tais. Eu era feliz desde quando eu abria meus olhos e pisava meus pés no chão até a hora de fechar os olhos e tirar os pés do chão... Eu era feliz o tempo todo.
Eu era, sou, e não serei mais!
Mas tudo isso em mim, não era suficiente. O meu maior precípicio: meus desejos loucos, sim, extremamente loucos, aos olhos deles, os juízes que me julgavam o tempo todo!
Eu precisava fumar, beber e me drogar. Eu queria saber a sensação de escrever sob efeito, ou até mesmo dançar, talvez quem sabe, fugir de mim. Eu queria ver o mundo 3 vezes mais, pois uma só não me satisfazia mais. As mesmas formas, figuras, desenhos, luzes e tudo o que vemos, muitas vezes mais, como uma boa montagem de photoshop, ilusória e completa.
Se eu me permitir ir mais além, eu nunca vou parar, então me permito voltar para a realidade.
Insanidade é uma palavra que eu me identifico, mas ela causa feridas em mim, nos longos caminhos do meu destino, porque se sigo o significado de tal, eu desvio o meu caminho então.
Nunca acreditei na ilusão das falsas palavras, quem diria que não gostou de mim? Exceto as pessoas que sofrem por não conseguirem controlar a sinceridade.
 Eu me faço amar e odiar ao mesmo tempo.  Para uma menina, sou um completo muleque, malandro, sem pudor, sem vergonha de ser quem se é, eu sou um cara foda.
Será que chegou a hora de mudar? O tempo de dizer " não " ? O dia de não ser quem se é?
Essas pessoas me cansam tanto, me atormentam tanto, falam tanto, que acabam me deixando mais louca do que já sou e ainda querem reclamar de como sou, mas permita-me dizer o que você precisa ouvir, você é tão louco quanto eu.
"Sei o quanto é difícil conseguir ficar em paz, quando tem alguém gritando!"
Não queira salvar o que já se perdeu!
A intensidade da loucura que havia dentro dela era capaz de fazer um estrago sem fim, e por fim calar as bocas malditas que a fizeram assim.

O que eu estou esperando para fumar vários cigarros, beber um bom whisky e fumar um baseado? O que eu estou esperando para morrer jovem e insana? Eu não sei...
Coragem bata logo à minha porta, eu preciso me sentir capaz!

"Eu escuto música e sou louco, eles constroem bombas e são normais"
ELES SÃO NORMAIS! COMO NÃO SERIAM, SENHORES?

sexta-feira, 19 de março de 2010

O céu é mais além.

"Escreva tudo o que eu disser
Escreva no céu
Pois eu falo a língua dos anjos..."

Tudo o que eu vivo é simples
A realidade é que

A unica magia da vida é viver
Pois bem
O complexo poderia ser inexistente
E o simples seria único por sua vez
Mas não é assim que o homem fez
Homem que nada crê, homem que nada vê

O que realmente importa...
Aquele céu , mais além
Cheio de amor

O sol que ilumina a nossa felicidade
Deixa ele te tocar 
E já não mais terá maldade
O vento precisa te envolver, te abraçar...
E as sensações vão te levar
Pra qualquer lembrança da idade
Sem maldade, sem maldade


A vida é simples na lingua dos anjos
O amor vai te alcançar em qualquer lugar
De qualquer cidade
E te roubar pra realidade...

O lugar aonde a minha mente se liberta
É mais além
Eu não sei bem, mas é fora da lei
Fora da verdade que cabe nas mãos
Ou não, ou não...
Fora da maldade daqueles que um dia me matarão
Ou não, ou não...
Fora de toda aquela guerra criada por irmãos
Ou não, ou não
Fora do Brasil, Fora do planeta azul em extinção
Onde vivem os milhões de loucos sem destino
Perderam sua fé ou não ensinaram seus meninos?
Foi no meio da estrada que eu vi que é quase nada
Tudo que julgamos ter
Seu dinheiro, seu poder, seu lixo, seu viver
Não é nada, sai dessa estrada
Ou não, ou não...


Eu vou te mostrar o pôr do sol
E você vai brilhar...
Você vai sorrir, aprender a amar
Vai ver...
Uma criança à brincar
Seu sorriso vem pra iluminar
Qualquer parte desse lugar
Uma menina a sonhar
Com algo melhor do que destruir
Sonhos de quem já não mais consegue sorrir
Um olhar de esperança voa pelo ar
É pra te alcançar, vai te alcançar
Mesmo que esteja vazia (tão só)
Se deixe levar
Por Essa brisa da vida
Se importe com as coisas simples
Sorria e vá sonhar!

Diante de um trono vermelho
Sangue amargo e desespero
Fruto de uma guerra sem sentido
Consequência de um grande desmazelo
Eles não sabem se cuidar
Tem gente lá emcima à observar
E alguns ainda tentam se salvar
Então deixa eu falar...
Os sentimentos que me aquecem por dentro
São simples e intensos
Eles me fazem falar a língua dos anjos
Para que os humanos consigam entender
Muitas pessoas podem não acreditar...
Então seu fim irá chegar
Deixa eu falar...
Essa lingua que transmite amor
E não transparece a dor
De quem ve tudo la de cima
Aqui embaixo, lá embaixo, bem pra baixo
É tudo ironia
Sorria, plante amor e não se arrependa
Essa é a magia da vida!

quinta-feira, 18 de março de 2010

Mate-me se for capaz!


 
Podem até maltratar meu coração, mas meu espírito NINGUÉM vai conseguir quebrar. (Renato Russo)

Não existe um ponto fraco, todos os pontos de qualquer pessoa se tornam fraco, quando você sabe atingi-lo.
Mas para toda a maldade há um escudo, que faz voltar para quem o atingiu.
Para todo o veneno há um antídoto.
E para toda a dor que lhe causaram, há a cura no amor dos anjos que te levantaram.
Viver nos dias atuais é um risco, é brincar com o fogo, é correr do perigo, é acreditar na certeza de que TUDO é incerto. Cuidar-se é extremamente importante!
Haverá sempre alguém que plantará o mal em sua vida, a maldade humana não tem nome e não tem fim, mas seja maior que tudo isso.
O meu espiríto é algo que você nunca quebrará.

'Suas mãos de fogo, seus tormentos, as feridas quem causara em mim, são apenas pequenos furos em meu imenso escudo. Desista pois o meu amor é maior!'

É bem contra o mal, e você de que lado está?

Isto é para todo aqueles que passam ou já por fortes provações e tentações constantemente, para aqueles que possuem um coração tão bom e transparente à ponto de ter feridas causadas pelo mal. Sejam corajosos e digam "mate-me se for capaz" com a plena certeza de que nada e ninguém será capaz de conseguir, pois o que há dentro de você é indestrutível! Paz e Amor, positividade sempre!

quarta-feira, 17 de março de 2010

Grandes mentes doentes!


" As mentes doentes tem uma ligação com o universo, uma ligação com um mundo particular e outra com a loucura . "



Dizem que somos loucos, e realmente somos, porém não somos poucos, há milhares de pessoas como eu, como você, como nós que estamos sempre buscando o sentido da vida, do amor, das perguntas que nem os cientistas tem a resposta...
Quando você entende a filosofia do mundo, de um simples ser pensante você passar a ser um filosofo (amador ou não). A alma de um filósofo é um dom e não uma cruz, mas para quem sabe usá-lo.
Ser pensante, sentimento inconstante, necessidade de se expressar, liberdade de expressão, universo paralelo, observador, rotina insana, grandes mentes doentes, não há limites! Não há o que defina um pensador, pois é o tudo e o nada presente em um único ser!
Somos extremos na liberdade:
Eis aqui apenas duas línguas: língua dos anjos ou língua dos demonios.
Os filósofos não falam só de amor, a dor também é um sentimento, a tragédia é comovente, a desgraça é emocionante, o ódio é ironico, e a insanidade é essencial para quem se diz intenso! Cada um tem sua liberdade de expressão, uns preferem a complexidade do momento e outros optam pela simplicidade, é o direito da escolha. Mas todos buscam apenas expressar o que tem em sua alma, os sentimentos da simples casinha cheia de emoções, e os pensamentos que atormentam as grandes mentes doentes.Quando um filósofo se encontra - dentro do próprio ser - , ele apenas deseja ser LIVRE!
O dom da filosofia é a sabedoria e a liberdade.
'Nós dividimos a dor e o amor com o papel, libertamos os nossos pensamentos, expressamos nossos sentimentos, matamos o tormento, entendemos que mais do que ver é sentir e assim podemos criar um mundo dentro de nossos olhos, vemos o mundo do jeito que nos cair melhor, matamos a solidão e ocupamos nosso tempo, nos permitimos, vivemos o momento, nos encontramos e ao mesmo tempo fugimos... de nós mesmos.'
A evolução da sabedoria em um ser é o tanto de sentimentos que cabe dentro de si!
Somos tudo, somos nada, não busque o sentido real de nossas palavras, apenas entenda que é preciso compreender a filosofia do universo, só assim teremos paz!


Grandes mentes doentes desconhecem o significado da palavra equilíbrio, porém conhecem muito bem o efeito da loucura e sentimento!


" Posso ou não estar sob efeito dos meus pileks, seja como for, eu me sinto livre! "

domingo, 14 de março de 2010

Isso não são apenas memórias, são correntes!

" E o que te prende não é apenas o passado, mas também as correntes que puseste em si mesmo... "

Quantas lágrimas você já derramou por não conseguir se libertar? E quantas vezes já se perguntou: " o que me prende? "
A verdade é que, não é necessário buscar as respostas, mas sim a solução: liberte-se.
Viver é um risco, possuir um coração é praticamente um suícidio! Portanto, pensar se torna mais importante do que sentir - para quem não deseja possuir correntes no futuro próximo - , mas há também aqueles que se dizem "intensos", pessoas que possuem empatia , a empatia é uma dose de veneno que mata lentamente, cuidadosamente, diria até que, carinhosamente. Quem possui um coração com sentimentos intensos , automaticamente possui empatia, a consequência disso é a bondade, e isso significa que há um risco muito grande de futuramente existirem correntes em seus sentimentos, pois os sentimentos nos permitem criar laços vermelhos - para um bom entendedor meia palavra basta - . Quem nunca derramou o sangue por um irmão não sabe o que é amor! Mas a bondade não é para todos, e sim para os corajosos, pois se paga um preço muito caro por amar tanto o próximo, e as vezes esse preço é eterno, para quem não consegue se libertar.
O passado é algo tão real e muitas vezes inesquecível, que nós mesmos o transformamos em presente - dentro de nossa mente e nosso sentimentos, alimentanto nossa ilusão - que fique bem claro, as lembranças são as cenas vivas em nossa mente, muitas vezes elas nos trazem de volta o cheiro do tempo, o sentimento do momento, e as correntes da nossa alma. É preciso tomar cuidado, ir mais além pode ser perigoso!
É certo que o que nos prende é o nosso passado, mas o que nos envolve cada vez mais são os laços, as lembranças, a falta de reciprocidade, e acima de tudo: nós mesmos!

O hoje é você quem faz, você pode mudar o seu destino constantemente, e decidir o preço que quer pagar pelas tuas escolhas, mas há apenas dois caminhos para o seu passado:
"Apenas memórias" ou " Tua corrente, tua cruz."

Para você que ama (intensamente) - não ame à ponto de perder o amor próprio e apenas amar o outro, ame-se acima de qualquer pessoa, só assim não terá correntes em teus sentimentos.
Para você que possui empatia - Antes de sentir/pensar ou fazer algo pelo outro, pense se esse alguém também faria por você.
Para você que está preso em muitas correntes: querer é poder, portanto queira se libertar dessas correntes e não cometa os mesmos erros se não quiser se prender novamente.
E para você que um dia se prendeu e hoje já está livre: Parabéns! Você foi maior que a empatia, o passado, as memórias, os laços , e as correntes. Voe para onde bem desejar e saiba o valor da liberdade!

(Para você.)

quinta-feira, 11 de março de 2010

O valor das pequenas grandes coisas.


Se viver fosse simples, não existiria suicídio. Mentiria se dicesse que a vida é sempre flores, porque não é.Precisamos da dor, precisamos perder, precisamos de amor, precisamos ganhar,precisamos viver e precisamos morrer.
Quem acredita na eternidade de uma vida, está sendo infeliz, pois viver é aproveitar cada segundo de ar que se respira, e não pensar no ar de amanhã, talvez o dia de amanhã não chegue, e o que faremos então?
Todos os dias presenciamos dores e alegrias, histórias fantásticas e admiravéis, outras desesperador, angustiantes, tristes, sem vida. Certo seria um mundo em paz, mas mesmo que assim fosse, um dia chegaria a hora final, pois isso não será eterno, pelo menos não este mundo.
Nada e nem ninguém poderá prometer uma eternidade à você, pois se prometer, estará mentindo. Só creia na eternidade do amor, pois essa sim existe! As pessoas podem partir, mas o sentimento sempre vai existir,e isso é fato, tanto que nos dá forças para viver.
Uma coisa tão simples, como uma amora roxa encima da mesa, me fez refletir sobre o valor das pequenas grandes coisas, aquela amora tem uma história, e eu vou contar.
Eu costumava comer amoras no sítio do meu avô, e aquelas amoras tinham um sabor incrível, diferente de todas as outras, por mais roxas que podiam ser, mas na verdade não era a amora que tinha todo aquele sabor, era aquele lugar que me dava prazer, aquele lugar que tinha amoras roxas com um sabor comum,como qualquer outra amora, mas aquele simples lugar, aquele humilde e intenso sitío era magico para a minha alma. Então ao ver aquela amora encima da mesa de minha casa, eu chorei por sentir saudade do meu avô e da magia daquele lugar, que eu nunca mais pisei meus pés!
O certo a se acreditar é no inevitavél, a morte seria um bom exemplo, porém triste, mas a realidade não me foge dos olhos, não é certo dizer "nunca vou te deixar", porque é necessário, estamos em missão constante à partir do momento que choramos pela primeira vez quando chegamos à esse mundo,e com certeza algum dia alguém vai dar fim à esse choro, chorando por você, pela ultima vez, em consequencia da sua partida.
O que é invísivel aos olhos, jamais sera ao coração, pois somente nosso coração sabe de todos os nossos sentimentos e da nossa capacidade de curar dores, perder alguém, por mais querido que possa ser, não é o fim da linha, é o começo de uma batalha aonde você não estará só, pois o amor de tal ser sempre existirá em teu coração, não desista, siga sempre em frente!
Quando se dá valor nas pequenas coisas, elas se tornam infinitas, viva à vida como se fosse o ultimo dia,e então saberá o que é ser intenso!

terça-feira, 9 de março de 2010

Guardo segredos em meu guarda - roupa.


Eu me quebro em mil pedaços
Deixa que eu me concerto sozinha...
Eu controlo os meus passos
Pra não sair da linha
Mas como posso parar
Se o que me faz feliz
É ser feliz?
Eu digo sempre
O que você também diz
Mas eu não posso te falar
O que eu tanto guardei...
Segredos tão meus
Momentos ...
Você e eu
Não posso contar
O que preciso esconder
De mim mesma...
É hora de parar
Com tudo
Talvez perder o ar
E me desligar do mundo
Eu sou impossível
Dentro ou fora
De mim
Os segredos estão guardados
Dentro do meu guarda roupa
Mas a chave é invisivel
Aos seus olhos
Não me encontre
muito menos procure
Os meus segredos
Se são meus
Jamais Serão seus
Eu sou de todo lugar
Não posso calar
A minha felicidade
Mas guardo minhas lembranças
Dentro dos meus segredos
Guardado a sete chaves
Invisiveis
Por medo...
O que me faz feliz é ser feliz
E assim
Ser tão tudo
E me sentir tão só
Eu e meus segredos
Talvez por medo...

No piscar da aquarela.


"Será só imaginação..."
Vermelho, amarelo, azul, laranja, roxo...
O infinito das cores, a magia de uma aquarela dentro de seus olhos.
E a gente se pergunta: Como pode existir tanta magia no absurdo?
Talvez essa seja uma pergunta sem resposta...
Trata-se da nossa realidade surreal. Como pode a lei da gravidade nos manter firmes no chão quando tudo o que mais desejamos é flutuar em nossos sonhos tão mágicos? Permita-se...
Penso, logo escrevo: você faz da sua vida uma aquarela?
Abro meus olhos e então posso ver através das cores as minhas lembranças tão vivas, parecem intactas, sejam elas aquarelas ou P&B. Posso até sentir o cheiro do tempo, me devolvendo as sensações dos momentos já vividos, aqueles que dificilmente serão esquecidos...
As luzem que iluminam o absurdo interior pulsam como as batidas do meu coração, e no piscar da aquarela posso sentir a magia das cores me envolvendo e me roubando para dentro das memórias do meu tempo. "É só nostalgia - todo dia."
Me sinto tão colorida, como se estivesse viva dentro de cada cor. É tão bonito ver como as cores dançam no mesmo ritmo, diria envolvente.
Rosa, preto, branco, verde, aquarela mágica... Absurdamente mágica!
"As cores, as luzes, as memórias são eternas, mas a velocidade da luz se torna invisível quando fecho os meus olhos."

" Os olhos de um poeta...

... Quando está fora de si! "

(Eu não sei dizer quem sou, apenas o que sinto! Meus sentimentos são laços mas nunca nós.)

"Dentro de uma casinha cheia de emoções, aonde a lei da gravidade não me mantém presa ao chão..."

O vento é a brisa que se faz presente no momento em que começo a sair de mim - Realidade inexistente, longa viagem - .
Faço um singelo convite de silêncio à mim e aos meus demonios, e convido a liberdade para entrar em minha casinha, nos meus pensamentos e ela então se faz presente nos meus momentos.
Sou tão todos que me torno .Tão capaz de criar um mundo dentro dos meus próprios olhos, permitindo que invada o meu ser e transpareça em minhas emoções... Vejo dia, vejo noite e ainda assim parece não ser suficiente!
Sou tão poesia, maresia, calmaria, cantoria...
Estes olhos que tudo vêem e esse coração que tudo sente, são tão meus!
Particularmente, prefiro estar na maioria das vezes fora de mim e entender toda a poesia do universo - do criador - , à estar presa em uma realidade um tanto quanto cruél e absurda.
Sinto paz nessa janela aonde vejo a poesia azul de Deus, e o verde de uma sombra, que não desejo voltar, é tão indescritivel!

Sou os olhos de um poeta que vêem e sente tudo à todo tempo, e estará sempre fora de si, porém dentro da simples casinha de emoções... (Refúgio)

"Mas agora preciso voltar...
Fecho os olhos, a janela, a porta da casinha, desfaço os laços, e também os convites de silêncio, visto minha armadura e vou em direção à guerra humana causada por irmãos."

segunda-feira, 8 de março de 2010

Uma delicada forma de calor

Mais de mim...

Eu me lembro de você ter falado
Alguma coisa sobre mim
E logo hoje, tudo isso vem à tona
E me parece cair como uma luva
Agora, num dia em que eu choro
Eu tô chovendo muito mais do que lá fora
Lá fora é só água caindo
Enquanto aqui dentro, cai a chuva

E quanto ao que você me disse
Eu me lembro sorrindo
Vendo você tão sério
Tentar me enquadrar, se sou isso
Ou se sou aquilo
E acabar indignado, me achando totalmente impossível
E talvez seja apenas isso:
Chovendo por dentro
Impossível por fora

Eu me lembro de você descontrolada
Tentando se explicar
Como é que a gente pode ser tanta coisa indefinível
Tanta coisa diferente
Sem saber que a beleza de tudo
É a certeza de nada
E que o talvez torne a vida um pouco mais atraente

E talvez, a chuva, o cinza,
O medo, a vida, sejam como eu
Ou talvez , porque você esteja de repente,
Assistindo muita televisão

E como um deus que não se vence nunca
O seu olhar não consegue perceber
Como uma chuva, uma tristeza,
podem ser uma beleza
E o frio, uma delicada forma De calor...

- Lobão.




Aonde você mora?


Felicidade constante - dentro dela.

"As pequenas coisas que valem mais..."

Penso que a boca é o lugar onde a alegria se faz presente, é a casa da felicidade. Já o coração é o lar da simplicidade. E ambos precisam do seu endereço...
Como o nome que recebemos e damos para as coisas. Entende?
Sorrir é mais do que separar os lábios e mostrar os dentes, sorrir é sentir a magia de estar vivo, envolver-se no laço das coisas boas e positivas, sorrir é sentir!
" Ser simples é ser incrível " - Importe-se mais em sentir as gotas da chuva, os raios de sol que invadem a sua pele, em estar com quem se ama, em fazer o bem e se sentir bem "feel good", ganhe vida sendo simples!
Inspire simplicidade e alegria e descubra o seu endereço.

Meu endereço é - felicidade constante - e o seu?




quinta-feira, 4 de março de 2010

Menina luz dos olhos, não se esconda.

Olha que coisa mais linda, mais cheia de graça... ♪

Menina luz dos olhos, dona de uma beleza incomum, és boneca viva? Possui sentimentos intensos, respostas exatas, e um destino já traçado por um certo alguém. Talvez você não saiba ou ainda não se deu conta, mas é capaz de expressar sentimentos, sensações, e segredos através de seus olhos de luz. Então me diz, porquê se esconde? Seja capaz de se descobrir e se mostrar para o mundo, saiba que a verdade está dentro de si, e a verdade é que mais bonito que teus olhos são teus sentimentos, inseguros ou não, são teus. Você é capaz de iluminar uma cidade inteira, apenas com o brilho do teu olhar. Não se esconda. Vá além de seus próprios limites! Também não tente questionar como sei de tudo isso, a resposta é clara e sem rodeios: você se faz transparecer. Luz dos olhos, li outro dia sobre o seu desejo de ser psicóloga e acho que lhe cai muito bem, mas antes de iluminar a vida de alheios, ilumine a sua própria vida, para encontrar tudo o que precisa dentro de ti e depois passar adiante. Menina cheia de graça, acredite em você, confie em você, viva por você, respire por você, se cuide por você, se proteja por você, sonhe por você, AME VOCÊ -- intensamente -- .

E que o brilho dos teus olhos de luz nunca se apague, apenas ilumine cada vez mais. O mundo precisa de você!

Este texto foi feito especialmente para a Jéssica Ferrari. Obrigada por estar sempre acompanhando o meu blog, obrigada pelo carinho menina dos olhos bonitos. E só pra constar: iluminar é a palavra que mais te define.

quarta-feira, 3 de março de 2010

Louise - Procuro seus sinais/Quanto tempo demora um ano?

' Não sei porquê você se foi, tantas saudades eu senti e de tristeza vou viver... Aquele ADEUS não pude dar... '


Quem é você que me prende? O que você quer de mim? Porquê não me conta seus segredos? Porque se foi e não me deixou sinais?
Louise precisa das tuas respostas. Porque você não volta? E traga de volta a vida que se foi, quando você também partiu.
A tua ausência se tornou a distância dentro dela, o seu silêncio - as palavras que ela não diz mais, os seus passos - a busca sem fim e sem respostas.
Louise sente você, ela diz o que você precisa ouvir, ela sabe quando você está triste mas não diz, ela te amou desde a primeira vez que te sentiu. Ela não sabe bem como você chegou até ela, e porque a distancia de dois corpos existem, também não faz ideia porque ela sente a sua alma mas não entende seus segredos, ela não entende você, mas ela ama você. E você, sente o quê?
Ela está se matando, se enforcando, se devorando, com as dúvidas que você deixou de presente.
Seus passos são invisíveis aos olhos dela, você foi perfeito em suas últimas palavras, você é o garoto intenso que não diz lé com tré, mas é a música da vida dela. E porquê você não a espera e conta seus segredos?
Os teus sinais são vento, os procuro tanto, você está em todos os lugares - dentro dos meus olhos -, eu desenho você em todos os meus sonhos, então me diz quando puder, porquê você se foi?
Os efeitos que me causara custam o meu sono, enquanto os teus segredos não contados, ainda não te custam o coração, que um dia dela será.
Eu também fui perfeita nas minhas últimas palavras: "O amor vai te alcançar em qualquer lugar". Você acredita em mim? Eu sei que sim.
-- Louise poderia escrever mil textos, nenhum seria capaz de transparecer seus sentimentos, eles pareciam chocolate com sorvete, mas também se fazia amargo. Menino doce ela quer te roubar, mas agora que você se foi, o doce se transformou, consegue entender? Ela precisa saber aonde está você. Você é a poesia constante dentro dela. --
' Você não sabe, você não me conhece.
Eu não te conheço, eu te sinto, e isso vai muito além de conhecer '.
A sua música, é a minha música, é nossa. Você é canção intensa em forma humana, é sonho dela, é segredo nosso!
'Eu quero que você
Me abra o outro olho
Por que você
Consegue demolir o presídio
Que há em mim
Mas não tem mais tempo
Eu sinto que você
é a única pessoa que conseguiria
Me roubar de mim
...
Não há nenhum segredo
Você pode me ensinar
A seguir os seus passos
E encontrar o que eu preciso
Pra desfazer os laços
Do meu passado
Poderíamos mudar o mundo juntos
E em segundos
Nosso amor estaria intacto
Como a lua que nos ilumina
Ou o sol que brilha por nós
Então me abra o outro olho
E então verei
Que sempre estivemos a sós.'
" Acordei com o seu gosto, e a lembrança do seu rosto, porquê você se fez tão lindo? Mas agora você vai embora, quanto tempo será que demora... Um ano pra passar?
Mas daqui um ano quando você voltar... A lua vai estar cheia e no mesmo lugar. "
-
" Você está vivo dentro de mim, provo sua existência todos os dias, e todas as estrelas que voltei a observar depois de um longo tempo, é por você. Cinco, meia noite, estrela de brilho intenso, você me deixou um sinal. Eu sei. "
-
Aonde está você? Eu preciso saber da sua vida... ♪

segunda-feira, 1 de março de 2010

Sem rumo.


Eu preciso confessar
As vezes essa rotina me cansa
Me dá vontade de fugir
Me encontrar em um lugar longe daqui
Ir vagando por ai sem rumo
Sem rumo...
Até cansar
E Me perder em uma esquina
Quem sabe te encontrar
Ou te esquecer

Está rolando um som
Um ritmo alucinante
E eu vou apenas dançar
dançar dançar dançar
Vou me esquecer
Eu preciso dos efeitos da noite
Não posso parar
O brilho da lua
Está aqui pra me iluminar
Mil doses de liberdade, cachaça e amigos
E sair sem rumo pelas ruas
É tudo que eu preciso pra relaxar

Nessa longa caminhada
Eu paro em cada esquina
Em cada bar
Pra trocar uma idéia
Vamos conversar
A vida passa rapido
E solidão não combina com o meu sorriso
Em cada canto
Eu encontro algo ou alguém
Que divida tudo comigo
O tempo é curto
E a viagem sem fim
Vamo que vamo..

Não posso negar quem sou
E do que gosto
Sou mulher errada
E o que posso fazer
Se vivo encontrando
Um jeito de me perder
As vezes
Nada parece dar certo
De onde eu vim Pra onde vou
Nem eu mesma sei
Sou imprivisivel
Sou mulher sem leis
Portanto tenha medo de me perder
Pois eu sempre vou

Meu bem eu te avisei
Essa estrada é longa
E Por isso já me cansei
Suave como uma brisa
Eu precisei me libertar
E sem mais delongas
Seguirei sempre em frente
Sem rumo
E não tente me esperar
Porque eu sou assim
Vou e não volto
Estou sempre tentando fugir
De mim.