segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Sobre minha ausência no blog.

Não sei se alguém ainda passa por aqui, mas, deixei de postar pois me rendi ao Tumblr, haha. Lá tem os textos novos e etc. Mas resolvi atualizar os dois agora. Quem tiver um tumblr, siga lá: http://gabsmoon.tumblr.com/

Estou de volta ao mundo blogueiro.

Tristeza não tem título.

O peso de ser alguém dói. A cruz de cada um. As batalhas travadas. A incerteza de viver. Dói. Como me dói.
Pensar me destrói, sentir me reconstrói. 
Tristeza me faz rimar, cantar, inventar... Amor, dor, lembranças. Do que não importa mais.
Não é passado de amor, é passado de vida. De tantas que já fui, de tudo que já fiz.
E eu só queria entender, porque é que tristeza faz a gente querer transparecer o melhor de nós, afim de que alguém consiga entender, e então, te admirar...

E como dói, me dói, apenas dói.

Congelada.



Pois todas as partes de mim estão espalhadas com aqueles que um dia levaram tudo o que eu tinha...
O que restou é um esboço, de quem já foi feliz, à um bom tempo atrás. E agora, nada satisfaz. 
Não, não mais...

Sou o peso do passado, a incerteza do presente, o medo do futuro.