sábado, 2 de julho de 2011

S de saudade.

Antes eram só dias cinzas me corroendo a alma, agora enfrento o sol na escuridão.
Eu preciso dizer o quanto penso em você, o quanto te quero, o quanto rezo para a tua paz existir ao meu lado, quero o seu abraço interminável, sussurros e te beijar sorrindo. Venha, volte, chegue, não se vá. Não quero te ver partir nunca mais!
Ainda que minutos se transformem em eternidade, com você o muito se torna pouco e sem você o tudo é nada. Eu preciso dizer que te amo. Eu te amo, amo, amo e amo mais que a mim mesma. Amo até não saber mais medir, até me perder em você. Amo até morrer de amor.
E não me basta te sentir todos os dias, bastaria ver o mundo dentro dos seus olhos e neles refletir a minha própria imagem como o seu mundo. O nosso amor durará para sempre e o nosso sempre, sempre vai existir. Não importa o que aconteça, é só de você que eu sinto saudades até não saber mais o que sentir. Você me dói demais.

quinta-feira, 24 de março de 2011

Plano B.

É sexta-feira e eu estou só, vazia em meu quarto, pensando em você.
É sexta-feira e você está bebendo com os seus amigos, esquecendo de mim.
É uma terça cinza e eu sinto sua falta.
É uma terça ensolarada e você está fazendo qualquer coisa para não lembrar da minha existência.
É segunda-feira e eu estou lendo um livro que me faz lembrar de cada momento que vivemos.
É segunda-feira e você está jogando, e isso te faz não pensar em nada, além do jogo.
É quinta-feira e eu não saio de perto do celular, minha esperança me faz acreditar que em algum momento ele irá tocar e será você.
É quinta-feira e você nem pensou em me ligar, mas, não deixou de ligar para ela.
É sábado e eu estou chorando por saudades suas.
É sábado e você está de ressaca pela noite passada.
É quarta-feira e sempre faz um dia lindo, e eu não saio para aproveitar, com medo de que você apareça e eu não esteja em casa.
É quarta-feira e pra você é mais um dia comum, você não está pensando em ir me ver, está sempre ocupado com algo ou alguém.
É domingo e eu vou à igreja pedir para que você venha logo.
É domingo e você está assistindo TV e pensando em todos os seus outros planos.

São todos os dias, meses, anos, em que as horas se arrastam pra mim, mas, pra você nada muda. É comodo tentar negar minha existência e me procurar em outras pessoas, eu sei.
Não queira estar em meu lugar, apenas imagine o quanto é ruim nunca ser o plano A.

sexta-feira, 18 de março de 2011

Eu não te quero mais.

Enquanto estive por tanto tempo, nos guardando e te esperando, você me iludia. Acreditei em suas palavras, pois, pensei que a beleza que havia nelas era só para mim. Mas como sempre os humanos provando sua podridão.
Pode ficar com o seu amor, ele já não é mais meu.
E nunca mais ousarei te procurar, você está ocupado demais com as "suas" garotas.