terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Um texto de auto destruição!


Então eu me pergunto: o quanto sou melhor que eles?
Minha alma está vazia e podre, minha empatia foi pro lixo, e meus pecados, ahhh meus imensos pecados...Eu gostaria de jogá-los no mar, para que pudessem afundar sem Deus e o mundo percebe-los.
Mas paro e penso, sujaria um mar inteiro com todos os meus pecados, de forma que todos poderiam enxerga-los.Ainda que eu não more mais no céu ou não lute para estar lá, eu gosto de conversar com o dono do mundo, eu gosto de sentar no colo do meu "pai" e dizer o quanto erro em vida, mas temo que ele não me escute mais, pois sou pior que um assassino ou uma prostituta, pois eu os julgo e faço pior que eles.Então por favor, não vejam uma vitíma nesta história, vejam uma pessoa cruél e como os pecados atormentam o meu ser e despertam os meus demonios, eu sou tão boa, mas no momento sou pior que qualquer pessoa.
Eu julgo os que matam, os que roubam, os cruéis, mas agora posso olhar pra dentro de mim e ver que não sou nada e faço parte deles, deste mundo de pecados.
"Pai" preciso consertar as minhas asas e voar para perto de ti, então me escute e me salve, porque todos deixam de me amar e só confio no teu amor eterno, me ensina a amar e perdoar, e não julgar, muito menos maltratar meus irmãos! Pai, me ame denovo para que eu possa ir em paz...

Eu não sou melhor que ninguém.

Um comentário:

Faço os meus textos esperando reconhecimento, assim como todos que também tem um blog. Sem ser grosseira, se não for ler NÃO COMENTE! Estamos aqui para expor nossas idéias e eu tenho as mesmas intenções que você. Favor respeitar a regra (: Obrigada!