sábado, 27 de novembro de 2010

Rosas para o mundo.



Eu vou dar rosas para o mundo, porque junto delas estará a minha melhor intenção.

Chorão já dizia: "O mundo explodiu lá fora, a vida não é mais como devia ser." E realmente, nada parece estar certo. Estamos sempre em guerra por paz, como poderemos ter paz causando guerras? Não há sentido nisso. O problema é que muitos não pensam no próximo. Muitos são os ricos, hipócritas da sociedade, os que vivem no luxo e esquecem de quem vive no lixo. Por quê as pessoas querem ser assim?
Há várias perguntas que não se calam. É revoltante viver em pleno século XXI, com tanta tecnologia, e isso só servir para espalhar o mal. 
Talvez o ser humano seja de fato, uma besta. Geradores do caos, morte e desamor.
O inferno não é aqui, mas, a terra da mentira, da falsa paz, da destruição é aqui sim. E não há mais tempo para reverter todo o estrago, agora é esperar as consequências e sofrer com elas.
"O Rio de Janeiro continua lindo...", talvez até continuaria, se nós não exisistissemos para acabar com toda essa beleza.
De uma coisa eu sei: aonde não existe paz, não existe amor.
Até onde vai chegar tanta maldade humana?
Agora não discuto mais sobre o mundo com o próprio mundo, ele nunca me diz o certo. Discuto sobre o mundo com quem o criou.

"Eu escuto música e sou louca, eles constróem bombas e são normais."
 

Um comentário:

Faço os meus textos esperando reconhecimento, assim como todos que também tem um blog. Sem ser grosseira, se não for ler NÃO COMENTE! Estamos aqui para expor nossas idéias e eu tenho as mesmas intenções que você. Favor respeitar a regra (: Obrigada!